Dia Mundial do Rim alerta sobre importância do autocuidado

- Categoria: Notícias

Uma rotina dupla de trabalho, que acaba limitando o acesso da mulher aos serviços de saúde como consultas de rotina e exames, aliada à fatores genéticos e hereditários, fazem com que as mulheres tenham maior risco de desenvolver problemas renais crônicos. Para alertá-las sobre a importância do autocuidado, o Dia Mundial do Rim, celebrado toda segunda quinta-feira do mês de março, aborda a saúde da mulher como tema da campanha já que, coincidentemente, a data também marca o Dia Internacional da Mulher.

Para prevenir problemas renais, preparamos cinco dicas que todos devem seguir para manter a saúde.

  1. Realizar exames periódicos
  2. Estar atento à cor da urina
  3. Consumir pelo menos 2 litros de água por dia
  4. Realizar atividades físicas
  5. Aferir regularmente a pressão arterial.

 

Entenda mais sobre a Hemodiálise

Quando os rins deixam de funcionar, a hemodiálise surge como uma opção de tratamento que permite remover as toxinas e o excesso de água do organismo, já que o órgão não consegue realizar esse trabalho devido à falência renal. O equipamento transporta sangue, com segurança, do paciente para o dialisador (filtro) e deste para o doente, uma espécie de rim artificial, único órgão vital que podem ser substituídos, ainda que não perfeitamente, por uma máquina.

O Centro de Tratamento de Hemodiálise do Complexo Hospitalar São Francisco, localizado na unidade Concórdia, possui uma infraestrutura moderna e de altíssima qualidade, o que permite oferecer aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) um serviço de excelência e um atendimento humanizado – o que aumenta a qualidade e a esperança de vida dos pacientes. Além disso, desde 2013, o CHSF realiza com sucesso cirurgias de retirada e transplante renal.

Atualmente, o CHSF atende 210 pacientes fixos, que estão em tratamento, além dos pacientes internados, totalizando mais de 2.700 sessões de hemodiálise por mês com 35 máquinas.

 

 

No comments yet.